PLATAFORMA DE MILHO GERAÇÃO 5000

 

 

 

Leve, resistente, com baixa manutenção e ótimo recolhimento. Excelente custo benefício.

 

A Mantovani foi a primeira fabricante nacional de plataformas de milho. Fabricou a primeira plataforma em 1973 e, desde então, foi responsável pelas principais inovações tecnológicas, entre elas a regulagem entre linhas, espaçamento reduzido e chassi universal.

Sempre com foco em minimizar as perdas na colheita, a Mantovani desenvolveu plataformas que atendessem às diversas condições de cultivo, com excelente recolhimento de plantas caídas ou tombada, opções de regulagens e facilidade de uso e manutenção.

 

CHASSI

Desde o início, a Mantovani destacou-se por fabricar chassi sob medida, atendendo as mais diversas situações de cultivo. Por isso, o atual projeto resultou num chassi versátil, bem estruturado e distribuído, conferindo equilíbrio entre resistência, peso e desempenho.

O seu engate é universal, ou seja, o chassi é acoplável aos mais variados modelos e marcas de colheitadeiras. Acompanha um kit de acoplamento formado por acessórios de transmissão conforme a colheitadeira (superior, inferior, por cardan, por eixo, apenas de um lado, ambos lados) e suporte que dimensiona o tamanho e realiza a fixação da plataforma na garganta da colheitadeira.

 

TRANSMISSÃO E ROTAÇÃO

A rotação padrão de fábrica é, aproximadamente, de 150rpm para a: rosca sem fim, 800rpm para as linhas despigadoras e 360rpm para as correntes coletoras. Saem equipadas com coroas de 20 e 25 dentes, respectivamente para a rosca sem fim e a transmissão principal das caixas.

Contudo, conforme as condições da lavoura ou da colheitadeira, é necessário ajustar a rotação da plataforma. O ajuste é simples e não necessita modificar os elementos internos da plataforma. Basta trocar as duas coroas externas que tracionam a plataforma. Há as coroas de 19, 22, 25, 27 e 30 dentes para as linhas despigadoras e há as coroas de 20, 22 e 24 dentes para a rosca sem fim, sendo que as maiores aumentam a rotação. O mais usual é utilizar as coroas de 25 ou 27 dentes para a transmissão e 20 dentes para a rosca sem fim.

A transmissão das linhas despigadoras é por eixo sextavado, externo às caixas de transmissão, na parte inferior do chassi, afixada neste próprio por flanges e suportes. Tal mecanismo confere maior espaço e facilidade para manutenção e regulagem de espaçamentos e aumenta sua durabilidade. A transmissão da rosca sem fim é independente da transmissão das linhas, feito diretamente do eixo de tracionamento da colheitadeira, que permite a variação de sua rotação sem interferências.

 

ROSCA SEM FIM

A rosca sem fim é montada em tubo mecânico de 165mm, apoiado em mancais duplos na duas extremidades, com helicóide com passo de 500mm e extremidade arrebitada”, o que confere excelente alimentação e uniformidade de espigas para a colheitadeira.

Além da possibilidade de alterar a rotação sem interferência na velocidade das linhas e correntes, possui dispositivo individual de segurança por fricção, além de que seu estrutura permite o ajuste de altura.

 

LINHAS DESPIGADORAS

A caixa de transmissão é compacta, fundida em ferro nodular, banhada à óleo ou graxa, composta por engrenagens com tratamento de superfície. É apoiada em tubo quadrado de aço carbono por sistema de alça, que permite seu deslocamento e, consequentemente, a regulagem de espaçamento.

As linhas são formadas por mesa e contra-mesa dobradas e soldadas, feitas em aço carbono de 3 e 4,75mm de espessura, respectivamente, que conferem resistência e integridade ao sistema.

Os rolos despigadores possuem 4 aletas, são tracionados por eixo estriado e possuem mancal dianteiro com pino de aço e bucha de bronze. O duplo apoio evita a aglomeração de impurezas e confere maior resistência.

Abaixo dos rolos, têm-se as facas de corte. Trata-se de conjunto de 4 facas, que devem sempre estar o mais próximo dos rolos despigadores, pois sua função é evitar o acúmulo de sujeiras e facilitar a colheita.

Acima dos rolos, têm-se os aparadores, cuja função é guiar os pés do híbrido até o centro dos rolos e aparar as espigas para que as correntes recolhedoras as levem até a rosca sem fim. São reguláveis e devem ser ajustados de acordo com a largura dos caules e das espigas. Quanto maior a espessura de ambos, maior deve ser a abertura para melhorar o rendimento da colheita. Saem de fábrica com 35mm de abertura na frente e 40mm atrás.

As correntes recolhedoras são tocadas por coroas fundidas e tratadas de 7 e 8 dentes. São mantidas esticadas por braço tensor, com ajuste de força, e devem estar sempre alinhadas. Saem de fábrica com as canecas alternadas. Para cada corrente há uma corrediça, feita em chapa de aço, que serve de guia da corrente e apoio da carenagem central. Devem ser alinhados com a corrente, a uma distância de 5 a 6mm.

Tanto acima quanto abaixo dos rolos despigadores, não há espaços para o prensamento de espigas.

 

CARENAGEM

A carenagem é metálica, com estrutura leve e resistente. Fácil manutenção, alta durabilidade e excelente versatilidade.

As ponteiras possuem regulagem de altura. Seu comprimento é reduzido para possibilitar o melhor recolhimento de plantas caídas ou tombadas.

Juntamente com os capôs centrais, são ajustáveis para diversos tamanhos para quaisquer espaçamentos. Para tanto, há determinadas peças cambiáveis (fitas de espaçamento e suportes) que conferem alta versatilidade ao produto.

O capô central é fixado integralmente sobre todo o comprimento da corrente recolhedora, inclusive na parte frontal. Dessa forma, não há espaços vazios sobre a corrente, o que evita o acúmulo de sujeira ou prensamento de espigas e conseqüente derrubada das plantas.

As laterais são elevadas para evitar a perda de espigas nas linhas laterais.

 

DISPOSITIVO DE SEGURANÇA POR FRICÇÃO

Todas as Plataformas Mantovani possuem sistema de proteção para cada conjunto por meio de fricção. O sistema de fricção é formado por um cubo, um alojamento de molas, as molas de pressão, os discos de fricção e a coroas de rotação. No caso de sobrecarga no conjunto, o sistema destrava, impedindo sérias avarias nas linhas despigadoras ou na rosca sem fim. Assim, contribui significativamente para a durabilidade do equipamento e o baixo custo operacional e de manutenção.

 

ESPAÇAMENTOS

A Plataforma Mantovani Geração 5.000 foi projetada para oferecer o maior número de opções de espaçamento entre 45 a 90cm.

Além da facilidade para movimentar as linhas, o chassi possui uma régua, situada acima das caixas de transmissão, com furações dos espaçamentos disponíveis.

 

 

Clique na imagem ao lado para ver o novo modelo 

PLATAFORMA DE MILHO

MANTOVANI

COMERCIAL

(16) 3830 7712

vendas@mantovani.agr.br

 

FINANCEIRO

(16) 3830 7709

financeiro@mantovani.agr.br

 

COMPRAS

(16) 3830 7711

compras@mantovani.agr.br

 

(16) 3830 7700